sexta-feira, 5 de maio de 2017

«EMPRESS OF RUSSIA»


Paquele  construído em Govam, Escócia, pelo estaleiro Fairfield Shipbuildind & Engineering Company, que o lançou à água no dia 28 de Agosto de 1912. No ano seguinte integrou a frota do armador Canadian Pacific Railways, que o colocou na linha do Extremo Oriente, que tinha Vancouver como porto de partida e Hong Kong como término. O navio escalava Xangai, Nagasáqui, Kobé e Yokohama. Com 16 810 toneladas de arqueação bruta, o 'Empress of Russia» media 173,70 metros de comprimento por 20,70 metros de boca. Estava equipado com máquinas a vapor e com 2 pares de hélices quádruplas, que lhe proporcionavam uma velocidade de cruzeiro de 19 nós. Podia receber cerca de 1 200 passageiros, 284 dos quais em 1ª classe e 100 outros em 2ª.  Navio rápido, bateu um record de velocidade na linha acima referida, ao fazer o percurso Hong Kong-Vancouver em um pouco mais de 9 dias. Com a eclosão da Grande Guerra, este navio foi requisitado pelas autoridades navais britânicas, que passaram a utilizá-lo como cruzador auxiliar e como navio de transporte de tropas. O «Empress of Russia» teve papel relevante nesse conflito mundializado, pois a sua acção estendeu-se de águas australianas ao oceano Índico e das costas orientais do Canadá até ao litoral europeu. Terminada a guerra, o navio em apreço foi, de novo, mobilizado para cumprir a missão de repatriar soldados das Américas para os respectivos países e para devolver à China alguns milhares de trabalhadores originários desse país, que haviam participado, na Europa e enquanto trabalhadores, no esforço de guerra dos Aliados. Foi também este navio da Canadian Pacific Railway que recebeu a incumbência de evacuar a força expedicionária canadiana que, no início da revolução russa, se bateu na Sibéria contra os bolcheviques. Devolvido à vida civil, este navio voltou à linha Vancouver-Hong Kong, onde se manteve até vésperas da 2ª Guerra Mundial. Durante esse tempo, transportou alguns passageiros de marca, tais como os políticos Manuel Quezon (das Filipinas), Sun Yat-sen e Chiang Kai-shek (da China nacionalista) e o famoso actor e humorista norte-americano Will Rogers, uma das grandes 'stars' de Hollywood. O «Empress of Russia» voltou aos teatros de guerra no início dos anos 40 do século XX e participou em várias e importantes acções militares, de entre as quais se destaca a Operação Overlord, que desencadeou o desembarque na Normandia, em Junho de 1944. O navio canadiano sofria trabalhos de modernização num estaleiro de Barrow, quando -a 8 de Setembro de 1945- foi devastado por um incêndio acidental. Que provocou tais danos, que não foi possível recuperar o venerável paquete: que também foi -no decorrer das duas guerras generalizadas- cruzador auxiliar e navio tropeiro.

1 comentário:

  1. If you want your ex-girlfriend or ex-boyfriend to come crawling back to you on their knees (no matter why you broke up) you need to watch this video
    right away...

    (VIDEO) Have your ex CRAWLING back to you...?

    ResponderEliminar